Abril Marrom alerta para prevenção de doenças que causam cegueira

Da redação

Abril Marrom é o nome estabelecido e que vem se consolidando no calendário de temáticas de saúde para a conscientização sobre doenças que causam a cegueira, problema que atinge atualmente cerca de 1,2 milhão de pessoas no Brasil.

Considerando que 80% dos casos de cegueira são evitáveis e/ou tratáveis, significa que quase 700 mil brasileiros cegos poderiam estar enxergando caso tivessem sido tratados a tempo. Dentre algumas das doenças que podem levar à cegueira, algumas são bastante frequentes no cotidiano da população, são elas:

Catarata – Doença caracterizada pela perda de transparência do cristalino, a catarata pode ser classificada como secundária ou senil. A primeira pode estar relacionada a inúmeros fatores, tanto oculares quanto problemas sistêmicos; a segunda ocorre devido ao envelhecimento natural do cristalino.

Retinopatia Diabética – A doença atinge mais de 15 milhões de brasileiros e se não for tratada corretamente, pode interferir diretamente na função dos vasos sanguíneos que levam sangue e oxigênio para as células da retina, desencadeando a retinopatia diabética, com evolução para a cegueira.

Trata-se de uma doença assintomática no início. Porém, em estágio avançado, surgem alterações visuais súbitas e indolores. Para não ter de chegar a este estágio, é importante que os portadores de diabetes visitem regularmente o oftalmologista para realizar o mapeamento de retina, além de manter o diabetes sob controle.

Glaucoma – É caracterizada por danos no nervo ótico que podem levar à perda total de visão devido ao aumento da pressão intraocular. Como o nervo ótico é o responsável por levar as informações que vemos ao cérebro, qualquer dano nessa região pode interferir na qualidade da visão.