Acusado de latrocínio é preso em SBC

Da redação

O acusado de latrocínio contra Sueli Pellegrini Caproni, 55, foi preso, ontem (10), em Santo André.

As equipes do 2º DP (Rudge Ramos), de São Bernardo do Campo, identificaram e prenderam o autor dos disparos. Os investigadores e o delegado Dr. Rui Diogo da Silva chegaram à residência do acusado, onde apreenderam a arma e o veículo utilizados no crime.

Depois, a equipe seguiu para o endereço do segundo envolvido. Lá, foram apreendidos celulares, objetos de valor e grande quantidade de drogas.

As investigações seguem para prender o segundo suspeito.

Entenda o caso

Na manhã da última quinta-feira (05), uma mulher foi vítima de assalto e depois assassinada, na Rua Lídia, no Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo.

Homens, que estavam dirigindo um carro de modelo Palio, abordaram a vítima na rua e, armados, anunciaram o assalto. A mulher, identificada como Sueli Pellegrini Caproni, 55, estava na direção de uma Hilux e se negou a entregar o veículo. Por este motivo, os assaltantes atiraram na vítima. Dois dos tiros foram na região do abdômen e um no peito. Dois amigos de Sueli estavam dentro do carro e tiveram seus pertences roubados.

Os suspeitos entraram no carro e fugiram com a vítima. Durante isso, eles colidiram em uma caçamba e retiraram Sueli do automóvel, fugindo. A mulher faleceu enquanto estava no hospital.

Matilde Guazzeli Vial, uma das vítimas, relatou que, no momento em que foi abordada pelos assaltantes, já se encontrava do lado de fora do carro. Ela viu outro presente no veículo também ser assaltado. Ele correu para o hall de entrada de um prédio próximo ao local para se proteger. Depois disso, Matilde ouviu os disparos da arma de fogo.

O carro foi deixado na favela da Tamarutaca, na Vila Guiomar, em Santo André.

A ocorrência foi registrada no 2º DP (Rudge Ramos) de São Bernardo.