Adolescentes não ingerem frutas, diz pesquisa

Da redação

jovensVocê tem um filho adolescente? Um irmão? É melhor avisá-lo que os hábitos alimentares são fundamentais para a saúde. O Ministério da Saúde divulgou pesquisa com foco no hábito alimentar deste público.

A pesquisa integra o primeiro Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes (ERICA). Mais de 70 mil jovens foram avaliados, em 1.247 escolas, de 124 municípios do País. O objetivo é estimar a prevalência do diabetes, obesidade e fatores de risco cardiovascular em adolescentes de 12 a 17 anos.

Apesar de comerem arroz e feijão, o alto consumo de bebidas açucaradas como os refrigerantes e a ingestão elevada de alimentos como salgados fritos/assados e biscoitos fogem da alimentação correta. Isso se deve pela falta de ingestão de cálcio, vitaminas A e E e ao consumo excessivo de açúcar e sódio. A pesquisa aponta que mais de 80% dos jovens consomem sódio acima dos limites máximos recomendados (5 gramas por dia).

Frutas e hortaliças não aparecem na lista de alimentos consumidos pelos adolescentes entre 14 e 17 anos. De acordo com o estudo a região Nordeste é a que menos consome estes alimentos. No Sul, a superioridade do consumo de refrigerante é mais frequente e as regiões Sudeste e Centro-Oeste são as que mais consomem feijão e leguminosas.

Menos da metade dos entrevistados afirmaram que tomam o café da manhã. Por conta da má alimentação, o estudo apontou que 17,1% dos adolescentes avaliados estão com sobrepeso e 8,4% são obesos.