Angela Merkel afirma que Londres não receberá tratamento especial

Da redação
angela merkelA chanceler alemã, Angela Merkel, direcionou o discurso ao Reino Unido nesta terça-feira (28) e disse que os britânicos não poderão escolher somente as partes da União Europeia que convém, como  por exemplo o mercado comum, sem antes aceitar regras como a livre circulação quando firmarem o acordo de saída do bloco.

Merkel ressaltou que Londres não vai ter um tratamento especial. Os países que pensam em ter acesso ao mercado comum devem acatar aos princípios e obrigações que isso carrega.
A livre circulação de pessoas é um dos princípios básicos da UE, mas os defensores da saída britânica receberam apoio por recusar as regras de imigração do bloco.