Apreensão de drogas cresce na região

As ações da Polícia Civil para coibir o tráfico de drogas na região têm dado resultados. Na unidade da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) de Santo André, o volume registrado nos seis primeiros meses do ano é 33% maior do que o do mesmo período em 2017.

De janeiro a junho de 2018 foram confiscados pela Polícia Civil 291,95 quilos, contra 219,3 quilos do ano passado. Contando desde 2016, a Dise andreense apreendeu quase uma tonelada de drogas. As prisões relacionadas ao tráfico de entorpecentes também cresceram na unidade de Santo André. Até outubro deste ano, 249 pessoas foram detidas, 74% a mais do que no ano anterior, com 143 reclusões. De 2016 a 2018, foram 617 registros.

Já em São Bernardo, desde 2016, a delegacia especializada somou cerca de 10 toneladas de entorpecentes. Neste ano, já foram seis toneladas. De 2016 a 2018, foram 477 pessoas detidas por envolvimento com o tráfico, dentre eles 380 homens, 32 mulheres e 65 adolescentes.