Balanços quebrados são motivo de frustração para crianças em Utinga

Crianças do bairro Utinga, em Santo André, ficam frustradas por não poderem se divertir em um de seus brinquedos preferidos em parque instalado na Praça Prefeito Saladino. Afinal, os seis balanços estão quebrados, com as correntes enroladas e sem os bancos. Os outros brinquedos, duas gangorras, um escorregador e um gira-gira também eram mais bem aproveitados, quando a ferrugem não tinha tomado conta.

A comerciante Cleonice Costa, 38 anos, lembra quando os brinquedos foram instalados, quase dois anos atrás, em outubro de 2016, mas também que a novidade durou pouco. “Vi isso mais quebrado que inteiro. Já consertaram umas duas vezes. Desta vez, faz uns cinco meses que está assim.” Ainda segundo a vendedora, os danos frequentes aos brinquedos são feitos pelas próprias crianças. “Os meninos enrolam as correntes e tiram os bancos para a bola não enroscar”, afirma.

Comerciante que abriu lanchonete em frente à praça recentemente, Francisco Rodrigues, 44, ilustra o lado das crianças que sentem falta dos balanços. “Meu enteado de 10 anos brinca sempre aqui. Vira e mexe ele reclama que não tem balanço, porque é o que ele mais gosta. Mas acaba se contentando com os outros (brinquedos)”, conta.

Morador do bairro há 14 anos, o vendedor Wilson Sousa, 32, conta que o equipamento foi sinônimo de problema desde a instalação. “Quebrou rápido. Poucos meses depois que colocaram já tava faltando peça, tudo quebrado. Ficou pouco tempo bom”, diz.

Procurada, a Prefeitura de Santo André informou que a última intervenção de manutenção foi realizada na segunda quinzena de maio. Porém, todas as vezes em que são realizados reparos há relatos e constatação de atos de vandalismo. O cronograma de manutenção previa reparos para a região em novembro, mas uma equipe irá ao local para análise e nova manutenção deve ser realizada rapidamente.

Fonte: Diário do Grande ABC