Bancários lutam por reajuste nos salários

Da redação

Bancários pleiteiam reajuste de 14,78% nos salários; valorização do piso salarial; valorização no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24 em junho); PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de três salários mais R$ 8.317,90; defesa do emprego; combate às metas abusivas e ao assédio moral; fim da terceirização; defesa das empresas públicas; e contra a perda de direitos. A pauta de reivindicações será entregue à Febraban (Federação Brasileira de Bancos) na próxima terça-feira (09).

A categoria composta por cerca de 500 mil trabalhadores, tem sete mil trabalhadores concentrados no ABC.

Nesta segunda-feira (01), os representantes dos bancários do ABC devem definir o calendário de ações na Região.