Barrios já admite deixar o Palmeiras

barrios
Atacante só jogou 13 vezes no ano e tem três gols (Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

A pressão da comissão técnica do Palmeiras surtiu efeito e Lucas Barrios está propenso a deixar o clube. O atacante, que nem entrou nas partidas contra Internacional e Sport, aceitará ser negociado se alguma das sondagens que recebeu da Europa se transformar em proposta oficial nos próximos dias.

O alto custo do argentino – R$ 1 milhão por mês – e a série de lesões queimaram seu filme junto ao técnico Cuca. Os dois chegaram a debater publicamente sobre a situação do atacante, que estava recuperado de um problema na panturrilha, mas sequer era relacionado para as partidas, no fim do mês passado.

Barrios não pretende voltar para a Argentina, apesar do interesse do Huracán, que fez uma oferta formal nesta terça-feira. Ele entende que ainda pode jogar em um clube grande da Europa. Um time da Turquia o procurou, mas o caos que tomou conta do país fez a conversa esfriar. Barrios também tem sondagem de Portugal.

A vontade de Cuca em ver Barrios negociado se explica: com o valor de R$ 1 milhão à disposição, ele conseguiria até três reforços para o restante da temporada. A bolada é paga pela Crefisa, que já aceitou continuar bancando desde que outros jogadores de nome sejam adquiridos.

Vale lembrar que o custo de R$ 1 milhão mensal com Barrios não representa apenas seu salário. Na carteira, o atacante recebe R$ 430 mil. Com direitos de imagem, ele fatura pouco mais de R$ 600 mil. O restante vai para o Spartak Moscou, que o vendeu ao Palmeiras, e a empresários que participaram da negociação.