Brasileira é morta por engano em Portugal

A brasileira Ivanice Carvalho da Costa, 36 anos, foi morta por engano, pela polícia portuguesa, na madrugada de ontem (15) em Lisboa. Ela estava em um carro que foi confundido com um veículo que fugia da polícia, após um assalto a um caixa automático.

Ela, que vivia há 17 anos em Lisboa, trabalhava no aeroporto e estava indo para o trabalho no momento da perseguição, levou um tiro no pescoço.

De acordo com a polícia portuguesa, o homem que estava dirigindo não parou o carro – Ivanice estava no banco do carona, após ordem dos agentes, e tentou atropelá-los. Ele estava sem habilitação de motorista e foi detido pela polícia.

 

A Embaixada brasileira em Lisboa emitiu nota em que lamenta o ocorrido e afirma que o consulado prestará todo o apoio cabível à família da vítima: “Tomou-se conhecimento, hoje, 16 de novembro, de que a pessoa morta em ação policial durante a madrugada de ontem, em Lisboa, era nacional brasileira. A Embaixada lamenta profundamente o ocorrido.

A família da vítima já entrou em contato com o Consulado-Geral do Brasil em Lisboa, que prestará o apoio cabível.