Brasileirão: Resumo da 17ª rodada

Da redação

morumbiA 17ª rodada do Campeonato Brasileiro começa no sábado (30), mas os clubes paulistas jogam apenas no domingo. Três dos cinco clubes paulistas estão no G4, e as possibilidades de mudança de posição na tabela são muitas. Veja:

São Paulo x Chapecoense – Morumbi – 11h 

O São Paulo recebe a Chapecoense no Estádio do Morumbi, no horário mais criticado pelos times por conta do calor, o que não deve ser o caso dessa partida. O time de Bauza chega para a rodada na 9ª colocação, com 22 pontos. Mesmo com a vitória o tricolor subirá no máximo um degrau na classificação e se perder pode ser ultrapassado pela Chapecoense. Mais de 23 mil ingressos já foram vendidos para a partida.

Santos x Cruzeiro – Vila Belmiro – 16h

Se o Santos vencer e Grêmio, Corinthians e Palmeiras perderem, o peixe pode até assumir a ponta da tabela. O adversário é o Cruzeiro, vice-lanterna da competição. A expectativa do peixe fica por conta da volta de Lucas Lima. Nas três últimas partidas do peixe, foram duas vitórias e um empate. Ricardo Oliveira também é esperança de gols, balançou as redes três vezes pela Copa do Brasil.

Internacional x Corinthians – Beira-Rio – 16h 

O Corinthians é o atual vice-líder da competição com 30 pontos, aproveitamento de 62,5%. O time de Cristóvão chega ao Rio Grande do Sul para tentar assumir a ponta da tabela contra um time que perdeu 4 dos últimos 5 jogos. Em compensação, o timão vem invicto nas últimas 5 partidas: três vitórias e dois empates. Para assumir a ponta o Corinthians precisa de uma vitória simples e a derrota do Palmeiras. Se o rival empatar sem gols, por exemplo, o timão precisa vencer por três gols de diferença.

Botafogo x Palmeiras – Luso-Brasileiro – 18h30

Apesar de ter o melhor desempenho fora de casa, o Palmeiras precisa ficar atento com o Botafogo, que vai para o jogo com a esperança de fugir da zona de rebaixamento. A recém-saída de Jesus e Prass para a Seleção abalaram o alviverde. O time não conseguiu vencer o Atlético-MG em casa. O time não deve mudar muito em relação à última partida.