Início Estilo de Vida Brasileiros ocuparão 900 vagas no Mais Médicos

Brasileiros ocuparão 900 vagas no Mais Médicos

Da redação

Profissionais brasileiros irão preencher, a partir de fevereiro, 900 vagas que antes estavam ocupadas por médicos cubanos no programa Mais Médicos. Lançado em novembro, o mais recente edital ofertou 1.390 vagas, das quais 1.378 serão ocupadas por médicos com registro profissional no Brasil. As 12 vagas remanescentes serão ofertadas novamente a médicos com registro no país em segunda chamada, prevista para o começo de fevereiro.

Pela primeira vez, além da reposição de rotina, foram disponibilizadas vagas antes ocupadas por profissionais cubanos, que vieram ao Brasil por uma cooperação intermediada pela Organização Pan-Americana da Saúde. Desde que assumiu o cargo, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse que uma das prioridades de sua gestão era a substituição dos profissionais cubanos por brasileiros.

Atualmente, das 18.240 vagas do programa, 62,6% são ocupadas por cooperados cubanos, 29% por brasileiros formados no Brasil e 8,4% estrangeiros e brasileiros formados no exterior.

A meta do governo federal é substituir 4 mil médicos cooperados por brasileiros em três anos e, assim, reduzir de 11,4 mil para 7,4 mil participantes cubanos. A expectativa é chegar a 7,8 mil brasileiros no Mais Médicos, representando mais de 40% do total de profissionais.

*Informações Agência Brasil