Bueiro destampado põe pedestres em risco em avenida de Diadema

A esquina das avenidas Ulysses Guimarães com a Deputado Oswaldo Moraes e Silva, no bairro Conceição, em Diadema, ganhou um problema que parece pequeno. No entanto, um bueiro teve a tampa roubada na semana passada e desde então serve de armadilha para pedestres desatentos.

O metalúrgico Alaíde Antônio Torres, 49 anos, que trabalha em uma das empresas locais, diz que o local faz parte do trajeto diário dele, e percebeu a falta da tampa na terça-feira da semana passada. “Passo todo dia aqui, e vi que tava aberto. É ruim porque alguém pode tropeçar e se machucar.”

Ele afirma que conversou com um colega do trabalho sobre a falta da tampa no bueiro, e chegaram a uma conclusão: “Acho que alguém levou para vender em ferro-velho. Afinal, qual seria a serventia disso?”

A esquina é bem movimentada nos horários do almoço, entrada e saída de trabalhadores. O grande número de pessoas nesses horários se deve à concentração de empresas. E, segundo Torres, não é a primeira vez que um bueiro perde a tampa por ali. “Vira e mexe a gente vê boca de lobo e bueiro destampados. No começo achei que fossem crianças bagunçando, mas são objetos pesados demais para elas. Sinceramente não entendo esses desaparecimentos.”

Sem notar o problema, o estudante Isaías Nascimento Júnior andava pela calçada, distraído, enquanto mexia no celular. Questionado pela equipe do Diário, ficou surpreso: “Eu cairia fácil nesse buraco, passei do lado e nem percebi, olha que perigo”, falou. O estudante disse que já tropeçou em diversas armadilhas como aquela, e aproveitou para denunciar: “Diadema está cheia de buracos, não só bueiros, mas buracos mesmo, no asfalto e na calçada. Alguém tem que cuidar disso”.

Fonte: Diário do Grande ABC