Cadeira inteligente ajuda pais não esquecerem filhos no interior dos carros

Da redação

Alunos da Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo) de Santo André criaram o protótipo de uma cadeira infantil veicular inteligente – chamada CIV, pensando nas crianças que dormem no carro.

Os estudantes de eletrônica automotiva: Renato Santos, Dernivaldo Lima e Giovani Francisco tiveram a ideia do protótipo como trabalho de conclusão de curso.

Para realizar o projeto, os alunos se basearam em dados de uma pesquisa realizada pela ONG americana “Kids and Cars”, que diz que anualmente 34 crianças morrem ao serem esquecidas no interior de veículos. Desde 1989 já foram mais de 750 mortes do tipo, de acordo com a pesquisa.

O funcionamento da cadeira se dá pro sensores integrados que operam em tempo real e detectam a presença da criança e do motorista dento do veículo, alem de um termômetro que monitora a temperatura interna do automóvel.

Ao perceber a saída do condutor, o sistema entra em estado de atenção e envia uma mensagem de SMS para o celular do motorista informando a presença da criança e a temperatura no interior do veiculo.

Caso o condutor não responda a mensagem, ou não retorne ao veículo, serão enviados novos SMS´s a cada três minutos. Após a terceira mensagem, o sistema fará uma chamada telefônica para o condutor.

Se a temperatura interna do veículo ultrapassar os 30 graus, o sistema antecipa a abertura das janelas e aciona a buzina evitando queimaduras graves e paradas cardiorespiratórias na criança.

Os alunos inscreveram a CIV na 3ª edição do Desafio Inova Paula Souza de ideias e negócios, e conquistaram o segundo lugar na disputa. No total haviam mais de três mil projetos inscritos.