Início Economia Cai o número de linhas de celulares ativas no país

Cai o número de linhas de celulares ativas no país

Da redação

O número de linhas de celulares ativas no país caiu 5,38% em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado. O total de linhas móveis registradas no país em janeiro deste ano foi 243,42 milhões. Em comparação com dezembro de 2016, a queda no número de linhas foi 0,27%.

A queda do número de celulares é consequência da redução da tarifa de interconexão, que é o valor cobrado entre empresas fixas e móveis para a realização das ligações, e do valor de remuneração de uso de rede, praticado entre as operadoras de celulares. A queda no número de celulares no país também pode ser explicada pela mudança na forma de comunicação dos brasileiros, que estão deixando de usar o telefone para falar e usando mais aplicativos de troca de mensagens.

A queda maior no número de linhas foi registrada na modalidade pré-paga. Nos últimos 12 meses, os acessos pré-pagos sofreram queda de 10,88%, redução de 20,00 milhões de linhas móveis. Já os pós-pagos tiveram aumento de 6,17 milhões de linhas (8,41%). No ano passado, foi registrada uma queda de 13,7 milhões linhas de telefonia móvel, o que representa um decréscimo de 5,33% no número de linhas ativas em relação a 2015.

*Informações Agência Brasil