Câmara de SCS veta aumento para próximo mandato

Da redação

Na última terça-feira (07), comissão criada na Câmara de São Caetano para avaliar aumento salarial para prefeito, vice, secretários e vereadores para o próximo mandato deu parecer contrário a qualquer tipo de acréscimo. O projeto de resolução seguirá para a aprovação em plenário.

A câmara avaliou que não é momento para reajustar salários no poder público. Esta é a primeira vez na história da cidade que não haverá aumento de salários de uma legislatura para outra.

Atualmente, o vereador em São Caetano recebe por mês R$ 10 mil e com o aumento passaria para R$ 12,3 mil. O prefeito recebe R$ 20 mil, vice R$ 10 mil e secretários R$ 19 mil.