Cármen Lúcia assumirá Presidência da República na sexta-feira

Ainda que por um breve período de tempo, o Brasil voltará a ter uma mulher na Presidência da República. Na próxima sexta-feira, a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) , assumirá a chefia de Estado em decorrência de viagens de Michel Temer, Rodrigo Maia e Eunício Oliveira para o exterior. O presidente do STF é a quarta autoridade na linha de sucessão dos poderes do país.

O presidente Temer vai participar da 8ª Cúpula das Américas, realizada em Lima, no Peru — segundo sua agenda, o retorno está marcado para o sábado. Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, vai ao Panamá, e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE) viaja para o Japão, onde deve ficar até o fim de semana seguinte.

Esta é a quarta vez que um ministro do STF assumirá a Presidência da República. O último foi Ricardo Lewandowski, que presidiu o país por dois dias em setembro de 2014. Na ocasião, Dilma Rousseff foi para Nova York, e seu então vice, Michel Temer, estava no Uruguai. Os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e do Senado, Renan Calheiros, alegaram questões eleitorais para recusar o posto. Também assumiram a chefia de Estado os ministros Marco Aurélio Mello (2002), Octavio Gallotti (1994), Moreira Alves (1986) e José Linhares (1945).

Fonte:Veja