Carrasco do Corinthians em 2015 vira alvo do São Paulo para o ataque

Fernández comemora gol que eliminou o Timão da Libertadores, em plena arena
Fernández comemora gol que eliminou o Timão da Libertadores, em plena arena

Os reforços do São Paulo para o ataque não devem se resumir à contratação de Gilberto, ex-Chicago Fire. Autor do gol que eliminou o Corinthians da Libertadores do ano passado, o atacante paraguaio Fernando Fernández está nos planos da diretoria. O jogador, que pertence ao Tigres, do México, tem o aval do técnico Edgardo Bauza.

“O São Paulo não procurou a mim, mas soube que existe o interesse”, explica o empresário Régis Chedid, que tem autorização para negociar o artilheiro em território brasileiro. “Trata-se de um grande jogador, que poderia sair em caso de uma negociação em definitivo”, avisa.

Contratado por R$ 16 milhões em dezembro passado, Fernández, de 24 anos, disputou apenas 12 jogos e marcou um gol pelo Tigres – seu baixo aproveitamento está ligado à presença de Gignac, centroavante francês contratado a peso de ouro do Olympique de Marselha há um ano e maior astro da equipe.

Antes de virar reserva no México, Fernández havia deixado ótima impressão com a camisa do Guaraní, em seu país. Foram 67 gols em 97 partidas pelo clube. Um dos gols na vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, em plena arena alvinegra, determinando a eliminação dos brasileiros – o Guaraní já havia vencido no jogo de ida por 2 a 0.

Fernández ainda se tornou artilheiro do Campeonato Paraguaio nos anos de 2014 e 2015, além de ter sido eleito o melhor jogador do país em 2014.