Conheça o perfil dos candidatos ao majoritário de São Bernardo do Campo

Da redação

Conheça os seis candidatos a prefeito em São Bernardo do Campo, e seus respectivos vices.

 

Tarcisio Secoli (PT) e Ramiro Meves (PSD). Coligação “Para São Bernardo Seguir Mudando”, formada por: PT, PSD, PSDC, PP, Pros, PTdoB, PTC, PSL, PTN, PR, PCdoB e PDT.

Tarcisio Secoli é economista, foi diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, assumiu a Secretaria de Coordenação de Governo (gestão Luiz Marinho), foi ainda secretário de Serviços Urbanos, e disputa pela primeira vez o Paço Municipal ao lado de seu vice, o sociólogo e empresário Ramiro Meves, que foi vereador de São Bernardo por 14 anos, deputado estadual e subprefeito do Rudge Ramos.

Orlando Morando (PSDB) e Marcelo Lima (SDD). Coligação “São Bernardo de Novas Oportunidades”, formada por: PSDB, SD, PHS, Rede, PRP, PSC, PMB, PRTB e PEN.

Formado em Administração e Direito, Orlando Morando está em seu quarto mandato como deputado estadual, sendo o terceiro parlamentar mais votado do Estado de São Paulo. Também foi duas vezes vereador de São Bernardo do Campo, e disputa pela segunda vez o Paço Municipal, desta vez ao lado do vice, o advogado, e duas vezes vereador da cidade (em 2008 e 2012), Marcelo Lima.

Alex Manente (PSS) e Admir Ferro (PTB). Coligação composta pelos partidos: PPS, PTB, DEM, PRB, PMN, PV, PPL e PSB.

Alex Manente é formado em Direito, foi eleito vereador em São Bernardo do Campo aos 25 anos, duas vezes deputado estadual (em 2006 e 2010), e em 2014 eleito deputado federal – em 2015 eleito presidente da Comissão de Turismo na câmara. Disputa pela terceira vez o comando do Paço Municipal, desta vez ao lado do vice, Admir Ferro, que é advogado e administrador de empresas, exerceu seis mandatos consecutivos de vereador, e comandou a Secretaria de Educação e Cultura por três administrações consecutivas, a partir de 1997.

Tunico Vieira (PMDB) e Bruno Gabriel Mesquita (PMDB) – Chapa Pura.

Tunico Vieira é advogado, pós-graduado em Política Internacional, Mestre em Direitos Difusos e Coletivos, professor de Direito Administrativo e Ciências Políticas da Universidade Metodista; foi duas vezes vereador de São Bernardo do Campo (em 2001 e 2009), secretário de Relações Internacionais e Institucionais da Prefeitura de São Bernardo do Campo em três gestões diferentes, e concorre pela primeira vez a prefeitura da cidade ao lado do seu vice, Bruno Gabriel, que é administrador de empresas, coordenador regional da juventude do PMDB no Grande ABC, e presidente municipal da juventude do diretório de São Bernardo do Campo.

Aldo Santos (PSOL) e Diógenes de Freitas (PSOL) – Chapa Pura.

Professor Aldo Santos é candidato a Prefeito em São Bernardo do Campo pelo PSOL, ao lado de seu vice, o professor Diógenes de Freitas, do mesmo partido.

 

Cesar Raya (PSTU) e Antonio Lucas Maciel (PSTU) – Chapa Pura.

Cesar Raya é professor de História da rede estadual há mais de 22 anos e professor do município de São Paulo. Sai pela primeira vez candidato ao majoritário de São Bernardo, ao lado de seu vice, Antônio Lucas Maciel, militante do partido desde sua fundação.

*** O critério usado nesta matéria para ordem de divulgação dos candidatos, foi o número de partidos coligados.***