Cesárias só poderão ser feitas a partir da 39ª semana de gestação, diz CFM

Da redação

Desde a última quarta-feira (22), nova regra impõe limite de no mínimo 39 semanas de gestação para que médicos possam fazer procedimento. A norma do CFM (Conselho Federal de Medicina) define critérios e estabelece que, em situações de risco, cesárias somente poderão ser feitas a partir da 39ª semana de gestão de modo a garantir a segurança da mãe e do bebê. Antes desta norma, era permitido fazer cesária a partir da da 37ª semana.

A nova lei também aponta que o médico poderá fazer a cesária a pedido da paciente, ou seja, quando não houver recomendação de ordem técnica que justifiquem  a cirurgia. Porém, se houver discordância entre médico e paciente, o profissional poderá usar do direto de autonomia profissional, e neste caso indicar outro profissional para a paciente.