Cidades do ABC proíbem circulação de carroças

carrocas___paulo_pires__5_-1239752Da redação

Seguindo os exemplo dos municípios de Santo André e São Bernardo do Campo, agora é a cidade de Diadema que elabora projeto de lei proibindo o uso de carroças na cidade – sujeito a multa. O projeto – de autoria do vereador Wagner Feitosa, o Vaguinho (PRB), ainda deve passar por alterações, pois a proposta ainda não aponta se a proibição é parcial ou em toda a cidade. A proposta também coloca multa como penalidade.

Santo André

A Câmara de Santo André aprovou em maio deste ano, projeto de lei – do vereador Roberto Rautenberg (PRB) que proibiria a circulação nas ruas da cidade de carroças e animais de grande porte, como cavalos. Uma proposta semelhante havia sido aprovada em São Bernardo no mês de abril. A multa aos infratores seria de R$ 5 mil e o animal ainda seria recolhido pelo Departamento de Zoonoses.

Porém, o prefeito Carlos Grana (PT) vetou o projeto alegando que  o projeto de lei é inconstitucional, pois geraria custos ao município e por isso não poderia ter sido aprovado pela Câmara. O secretário de Governo do governo, Arlindo José de Lima, sugere que uma nova proposta seja apresentada com alterações.

São Bernardo do Campo

Em abril deste ano, a Câmara de São Bernardo do Campo aprovou projeto de lei – proposto pelo vereador Roberto Palhinha (PTdoB), que proíbe a circulação de carroças utilizadas para puxar carga em toda a cidade.