Coluna: Alex mais distante, segurança do Morumbi, Jesus até dezembro, Cifut corintiano, Cruzeiro…

As Roma 24/01/2015 - campionato di calcio serie A / Lazio-Milan / foto Antonello Sammarco/Image Sport nella foto: Alex
As Roma 24/01/2015 – campionato di calcio serie A / Lazio-Milan / foto Antonello Sammarco/Image Sport
nella foto: Alex

O otimismo do Santos em relação à contratação do zagueiro Alex, no fim da semana passada, deu lugar à preocupação. É que o ex-jogador do Milan embarcou para a Europa para negociar a possibilidade de fechar com um clube do exterior. “A pedida do Alex está bem distante daquilo que o Santos oferece”, explica um representante do zagueiro. “Ele gostaria de voltar ao Brasil, para jogar no Santos, mas talvez não seja agora.” O Peixe se dispôs a pagar o teto salarial, de R$ 200 mil por mês, além de luvas, que poderiam dobrar o salário do beque. Ele está desempregado desde o início do mês.

Assinado
Depois de dias de suspense, o Santos enfim conseguiu sacramentar a contratação de Renan Montanha, do ABC. O zagueiro, de 18 anos, teve 70% de seus direitos econômicos comprados por R$ 300 mil e o negócio foi fechado por Diogo Silva, empresário da Websoccer.

Proteção…
Depois da queda de uma das grades de proteção, no último jogo da Libertadores, o São Paulo criou novos parapeitos, anteriores aos demais, em todo o anel inferior do Morumbi, que estreiam no duelo contra o Atlético Nacional, nesta quarta.

 …reforçada
Além da novidade, o Tricolor ainda contratou dezenas de monitores, que exigirão que os torcedores fiquem sentados durante a partida de semifinal da Libertadores. O acidente diante do Galo causou fratura em três são-paulinos.

Até dezembro
O Palmeiras está convencido de que Gabriel Jesus ficará no clube até o fim do ano, apesar do assédio de Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, Inter de Milão… “Fizemos uma reunião com o jogador e sua mãe e todos concordaram que o melhor é ele ficar por mais seis meses”, explica um dirigente alviverde.

Cifut discutido
Criado para fornecer um banco de informações sobre jogadores que podem ser contratados pelo Corinthians, o Cifut virou alvo de críticas de um dirigente importante. A reclamação não tem justificativa para membros da comissão técnica, ressaltando que Bruno Henrique, Uendel e Balbuena são “descobertas” do Cifut.

Investimento alto
Apresentados no domingo, os atacantes Ábila e Rafael Sobis vão custar cerca de R$ 26,3 milhões aos cofres do Cruzeiro. A dupla também era pretendida por outros clubes do futebol brasileiro, como o Corinthians, porém faltou dinheiro aos concorrentes.