Coluna: Peixe já admite vender Gabigol; Tricolor pressiona Conmebol; Verdão arrasador no início; Timão procura reforços caseiros…

Gabigol deixou no ar a chance de ter feito seu último jogo pelo Peixe no sábado
Gabigol deixou no ar a chance de ter feito seu último jogo pelo Peixe no sábado

O presidente santista Modesto Roma Júnior passou os últimos dias assegurando que nenhum jogador do atual elenco seria vendido nesta janela de transferências. Mas, após o fim de semana, o discurso mudou em relação a Gabigol. Internamente, o Peixe já cogita vendê-lo caso a proposta da Juventus chegue a R$ 100 milhões.

Os italianos se dispuseram a pagar R$ 80 milhões, oferta já recusada pelo Santos, que tem direito a 40% da bolada. Outros 40% são do pai de Gabigol, enquanto a Doyen fica com 20%. A Juventus quer resolver a situação o mais rápido possível, preocupada com o interesse de outros clubes, como o Barcelona. O atacante de 19 anos também pode se valorizar durante a Olimpíada.

Festa alvinegra:
Paulinho McLaren, Almir, Guga, Zé Renato, Camanducaia, Alberto, Jamelli, Índio, Narciso, Copertino, Léo… Esses são alguns dos ex-jogadores do Santos confirmados no 1º Festival de Futebol Solidário da Associação Terceira Via, marcado para 30 de julho.

Contra-ataque…
O São Paulo enviou uma reclamação formal à Conmebol contra as arbitragens nas duas partidas da semifinal da Libertadores. O clube alega ter sido prejudicado na expulsão de Maicon

, no Morumbi, e na não marcação de pênalti em Hudson, em Medellín.

…nos bastidores
Responsável por organizar a Libertadores, a Conmebol deu a entender que pensa na possibilidade de mexer na Comissão de Arbitragem assim que a competição terminar – Atlético Nacional e Independiente Del Valle decidem o título.

Frustração geral:
A classificação do Del Valle à final da Libertadores atrapalhou três times brasileiros: o Atlético-MG tinha acerto com o zagueiro Mina, o Fluminense estava perto do meia Somoza, enquanto o Grêmio previa contratar o atacante Cabezas. A janela internacional de transferências termina nesta terça.

Início arrasador:
O gol de Erik na vitória sobre o Inter, no domingo, aumentou uma estatística importante do Palmeiras: o clube é o recordista de gols nos primeiros 15 minutos de jogo. Foram oito no primeiro tempo e outros oito no segundo. Ou seja, dos 31 gols, 16 saíram no início.

Na audiência:
A Globo conseguiu 24 pontos de média de audiência durante o triunfo alviverde sobre o Inter. Foi o melhor resultado do Palmeiras em um jogo do Brasileirão deste ano, excluindo clássicos.

Janela furada:
Diretor de futebol do Corinthians, Edu Ferreira descartou a possibilidade de o time acertar com um reforço do exterior antes do fim da janela internacional de transferências – ela se fecha nesta terça-feira. “Não há chance. Estamos trabalhando com nomes daqui”, explica.

Pior da história:
O América-MG é dono da pior campanha do Brasileirão por pontos corridos após 15 rodadas. Com oito pontos, o time que já foi comandado por Givanildo Oliveira e Sérgio Vieira consegue ser pior do que o América-RN, que tinha dez pontos depois de 45 disputados.

Troca-troca:
Com a demissão de Sérgio Vieira, já são nove trocas de treinadores no Brasileirão após 15 rodadas. Detalhe importante: dos 20 clubes que integram a primeira divisão, só cinco seguem com o mesmo comandante do início do ano.