Com dificuldade para treinar, Santos busca alternativas na base

O Santos liberou 15 jogadores desde janeiro, ficou com 29 no elenco e agora tem dificuldade para completar os treinamentos do técnico Jair Ventura no dia a dia do CT Rei Pelé. Nesta segunda-feira, por exemplo, os titulares fizeram trabalho regenerativo na academia e apenas sete suplentes estiveram em campo.

Com o grupo enxuto e comprometido por sucessivas lesões, Jair procura por alternativas nas categorias de base. Alguns nomes são acompanhados de perto, principalmente no promissor sub-17. E vários atletas têm ganhado oportunidade de treinar entre os profissionais para uma melhor observação.

“Santos tem historicamente esse bom DNA de revelar muito e muito cedo. Atletas compõem o treino para esse processo de identificar possíveis novos atletas. Nem sempre conseguimos, mas começamos a ter banco de dados, com atletas de potencial grande. Estamos integrando profissional e base”, disse o gerente técnico William Machado, na semana passada.

Alguns nomes têm chamado a atenção e surgem como promessas, como Sandro, Victor Yan, Lucas Lourenço e Lucas Sena, no sub-17, e Rhuan e Patrick, no sub-20. Jogadores mais cascudos compõe o sub-23 e também podem subir, casos de Fernando Medeiros, Yan e Diego Cardoso.

Enquanto busca soluções nas categorias de base, o Santos corre atrás de pelo menos quatro reforços para o segundo semestre: dois meio-campistas e dois atacantes. A prioridade é um armador para suprir a ausência de Lucas Lima, no Palmeiras desde janeiro.

Emprestados: Caju (Apoel), Cleber (Paraná), Rodrigão (Avaí), Leandro Donizete (América-MG), Rafael Longuine (Guarani), Matheus Oliveira (Guarani), Fabián Noguera (Estudiantes), Matheus Ribeiro (Puebla-MEX), Orinho (Ponte Preta), Romário (Ceará) e Serginho (América-MG)

Em definitivo: Zeca (Internacional), Matheus Jesus (Gamba Osaka-JAP), Vladimir Hernández (Atlético Nacional-COL) e Fernando Castro (Bahia)

Goleiros: Vanderlei, Vladimir, João Paulo e John

Laterais: Victor Ferraz, Daniel Guedes e Dodô

Zagueiros: Lucas Veríssimo, David Braz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Robson Bambu

Volantes: Alison, Renato, Yuri e Guilherme Nunes

Meias: Jean Mota, Léo Cittadini, Vitor Bueno, Gabriel Calabres, Vecchio e Diego Pituca

Atacantes: Gabigol, Rodrygo, Eduardo Sasha, Bruno Henrique, Arthur Gomes, Copete e Yuri Alberto

Fonte: Terra

Imagem: Ilustração/Google