Combate ao Aedes aegypti é desafio em 2017

Da redação

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse na última segunda-feira (26) que o combate ao mosquito Aedes aegypti é o maior desafio da saúde brasileira atualmente. Barros reforçou as previsões do governo que apontam para um aumento de casos de infecção pelo vírus Chikungunya, transmitido pelo Aedes aegypti, em 2017.

Em relação à dengue e ao vírus Zika, também transmitidos pelo mosquito, Barros lembrou que o ministério trabalha com um cenário de estabilidade de casos. Em 2016, foram contabilizados 1,4 milhão infecções por dengue, contra 1,6 milhão no ano passado, além de 211 mil casos prováveis de infecção por Zika em 2016 (nem todos os casos registrados foram confirmados em laboratório).

*Informações Agência Brasil