Início Economia Comércio deve ser prejudicado por feriados prolongados

Comércio deve ser prejudicado por feriados prolongados

Da redação

Enquanto muitos comemoram o grande número de feriados, o varejo se preocupa já que os dias de recesso podem levar o comércio no País amargar perda de R$ 10,5 bilhões este ano. O montante foi apurado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo e representa aumento de 2% na comparação com 2016.

O incremento de 2% na perda do futuramente deve-se ao fato que este ano haverá uma ponte a mais que no ano anterior e um destes feriados cairá em dia de semana, como o de 1º de maio, que em 2016 foi em um domingo e neste ano será na segunda-feira.

Levantamento da Fecomercio-SP apontou que o segmento de vestuário, tecido e calçados terá perda de R$ 1,1 bilhão com os feriados, montante esse que representa alta de 23% na comparação com o ano passado.

O setor denominado como outras atividades – em que são preponderantes as operações de venda de combustíveis –,  vai amargar perda de R$ 3,9 bilhões. No entanto, esse valor é 8% menor ao se comparar com o ano anterior.  Os setores de bem essenciais como o de supermercados, por exemplo, terá prejuízo de R$ 3 bilhões, o que representa alta de 2% na comparação com 2016. Outro setor que terá significa perda de faturamento devido aos feriados é o de farmácias e perfumarias. A estimativa da Fecomercio-SP sinaliza que a perda será de R$ 1,6 bilhão, alta de 7% frente a 2016.

 

Deixe uma resposta