Confira aqui programação completa da Virada Cultural 2016

Virada-Cultural-São-Paulo-2016Programação completa da Virada Cultural 2016 A 12ª edição, que acontece entre os dias dias 20, 21 e 22 de maio, tem duas grandes novidades: um happy hour e a primeira vez em que todas as subprefeituras da cidade terão programações locais.

O happy hour começa às 17h e vai até 23h da sexta-feira, no perímetro entre a Avenida Ipiranga e a Praça da Sé, no qual 9 pontos recebem atrações culturais. O intuito é convidar o público para a prévia do evento, que irá se misturar com as já efervescentes atividades das noites de sexta-feira no centro da cidade, em parceria com bares, restaurantes, centros culturais e estabelecimentos comerciais da região.

Entre os destaques está o Palacete Tereza Toledo Lara, que abrigará em seus cômodos a tradicional Casa de Francisca, um dos espaços mais significativos de música autoral em São Paulo. Durante o happy hour, a Casa de Francisca, que se mudará em breve para esta sede no centro, fará uma espécie de pré-inauguração no novo endereço da Rua Quintino Bocaiúva, nº 22, perto da Praça da Sé. Artistas como Ná Ozzetti e Arrigo Barnabé passarão pelo local, incluindo uma serenata realizada na sacada do prédio.

Durante o fim de semana, a Virada Cultural descentralizada ganha força e o evento debuta com atividades culturais em todas as subprefeituras, indo muito além da já extensa programação realizada na região central.

Ao todo, serão 28 ruas abertas, oito bibliotecas municipais, nove centros culturais, sete teatros municipais, 11 casas de cultura, 16 Viradinhas (programação voltada especialmente para as crianças), 10 CEUs (Centros Educacionais Unificados) e cinco palcos externos montados nos bairros: dois na zona sul, em Parelheiros e M’Boi Mirim; dois na zona leste, no Parque do Carmo e Jardim Helena; e um na zona norte, em Pirituba,com shows de bandas e artistas como Emicida, NX Zero, Nação Zumbi e Gaby Amarantos. Como nos anos anteriores, a Virada Cultural tem como meta promover a pluralidade entre as diferentes linguagens artísticas e manifestações culturais.

Em 2016, o evento conta com um time de curadoria formado por representantes de áreas diversas, como: gastronomia, com Alex Atala, chef proprietário dos restaurantes D.O.M. e Dalva e Dito, e do bar Riviera; samba, com Moisés da Rocha, radialista e locutor do programa “Se Não Fosse o Samba”; música, com a cantora Maria Gadú, o instrumentista paraense Felipe Cordeiro e a cantora e compositora Anastácia, parceira musical de Dominguinhos; artes cênicas, com Hugo Possolo, palhaço, ator, diretor e um dos fundadores do grupo Parlapatões; e teatro, com o diretor Pedro Granato.

A curadoria também conta com Gil Marçal, produtor cultural e chefe da Representação Regional do Ministério da Cultura em São Paulo, e representantes da Secretaria Municipal de Cultura, de diferentes áreas: Gabriela Fontana, coordenadora de programação do Circuito Municipal de Cultura, Karen Cunha, coordenadora de eventos, Fernando Dourado, curador de dança, Júlio César Dória, curador de teatro, Ana Luiza Aguiar, curadora de música, e Martinho Lutero, maestro do Coral Paulistano.

Confira aqui a programação completa da Virada Cultural 2016