Início Estilo de Vida Confira erros comuns dentro do relacionamento

Confira erros comuns dentro do relacionamento

Da redação

Com o tempo o relacionamento pode começar a se degastar, seja namoro ou casamento. É comum os casais colocarem a culpa na rotina, mas para manter a relação a dois saudável é preciso muito mais do que fazer coisas diferentes, é necessário evitar alguns erros. Confira alguns erros muito comuns:

Transformar a cama em escritório- Faça da cama o templo do casal, ou seja, deve ser um espaço reservado para a intimidade, um local onde possam se relacionar e conversar.

Parar com o sexo- O amor sem sexo acaba virando uma amizade. Mesmo com a rotina, os afazeres diários e os filhos, o casal não pode ficar estagnado.

Falta de vaidade- Vão fazer um encontro romântico? Então não tenha receio de se produzir! Depois de um tempo, o casal costuma deixar a vaidade de lado.

Muita intimidade- Depois de um bom tempo juntos, a intimidade vai aumentando e você começa a ir ao banheiro de porta aberta, usar pijamas rasgados o dia inteiro e fazer outras coisas que vão se distanciando da imagem que quer passar no começo do namoro.

Válvula de escape- Com a intimidade, o casal também acaba utilizando o outro como uma válvula de escape. Os problemas e desafios diários vão surgindo e por mais tentador que seja não desconte tudo no parceiro.

Parar de surpreender- Não espere uma data especial para fazer um agrado diferente. Planeje um jantar romântico em casa, um passeio a dois ou algo que possa surpreender.

Insistir na rotina- Saia da rotina, no relacionamento é bom procurar fazer algumas brincadeiras diferentes.

Andar separado- No começo do namoro o casal é um grude só, depois os parceiros têm mania de andar sempre separados.

Ficar em silêncio- É preciso conversar e discutir o que está incomodando ou desgastando a vida do casal, seja honesta e direta e não associe esse tipo de conversa a uma briga.

Ficar junto o tempo todo- Não é porque vocês são um casal que precisam fazer tudo o tempo todo juntos.

Deixe uma resposta