Confira quais produtos ficaram mais baratos em outubro

Da redação

Foto: Venilton Küchler/ SESA
Foto: Venilton Küchler/ SESA

No mês de outubro, os preços do alface, tomate, cebola e cenoura caíram nas principais centrais de abastecimento do País, segundo o 11º Boletim Prohort de Comercialização de Hortigranjeiros nas Ceasas em 2016.

O boletim foi divulgado hoje pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento). O levantamento é feito mensalmente pelo Prohort (Programa Brasileiro de Modernização do Mercado Hortigranjeiro) da Conab, a partir de informações fornecidas por grandes mercados atacadistas no País.

Em São Paulo, o preço do quilo do tomate ficou em R$ 2, o que representa uma baixa de 32,52% no preço. Dentre as hortaliças, destaque ainda para queda nos preços médios do espinafre (60%), alcachofra (50%), vagem (385), chuchu (27%), pepino (23%) e jiló (18%).

Mamão e melancia ficaram mais baratas em oito das nove centrais de abastecimento analisadas. O preço da banana também caiu em seis das nove Ceasas. Outras frutas que registraram importante quedas nos preços foram nectarina (63%), ameixa (59%), pêssego (58%), melão (40%), jabuticaba (34%) e caqui (23%).

Para a análise do comportamento dos preços de outubro, foram considerados os principais entrepostos dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de janeiro, Espírito Santo, Paraná, Ceará, Pernambuco e Distrito Federal.