Corinthians crava Fagner na seleção e busca lateral no mercado

fagner
Lateral pode fazer sua estreia pelo Brasil em setembro, contra o Equador

Tite só estreia pela seleção brasileira em 2 de setembro, mas o Corinthians já tem convicção de que um de seus titulares estará na primeira lista do treinador: Fagner. “O Tite sempre falou nas nossas conversas que o Fagner merece a seleção”, afirma Mauro da Silva, analista do Timão.

A convicção de que Fagner estará a serviço da seleção com frequência a partir da chegada de Tite também é compartilhada pelo presidente Roberto de Andrade, que autorizou o departamento de futebol a buscar um lateral-direito no mercado. A ideia é ter alguém que possa substituir o titular durante os jogos do Brasil. Léo Príncipe, que voltou do empréstimo do Oeste após a venda de Edílson, ainda não conseguiu agradar.

As pessoas próximas de Fagner também imaginam que ele passará a figurar na lista de convocados da CBF a partir do confronto com o Equador, fora de casa, pela sétima rodada das Eliminatórias para a Copa.

A lateral direita vinha sendo dividida por Daniel Alves, Danilo e Fabinho, jogadores relacionados por Dunga nas convocações das Eliminatórias e da Copa América.

Até hoje, o mais perto que Fagner esteve da seleção foi em abril deste ano, quando acabou incluído na pré-lista de 39 atletas indicados por Dunga para a Copa América.

Só na sondagem:
Apesar do ótimo momento, Fagner não tem proposta oficial do exterior. Agenciado por Carlos Leite, o lateral recebeu duas sondagens da Europa, que não viraram ofertas.

Na Justiça:
Lateral-direito do Timão em 2010, Moacir está processando o Corinthians e a fabricante de games EA Sports. O jogador, hoje no Fortaleza, cobra R$ 200 mil de direitos de imagem, por estar no Fifa Soccer.