Corpo da policial que estava desaparecida é velado em São Bernardo

O corpo da policial Juliane dos Santos Duarte, que estava desaparecida está sendo velado na manhã desta terça (07), no Cemitério da Vila Euclides, em São Bernardo. O enterro está marcado para as 14h, no Cemitério dos Casa, na Vila Carminha, também na cidade.

A Polícia Militar encontrou o corpo da policial Juliane dentro do porta-malas de um veículo Honda Civic, na Rua Cristalino Rolim de Freitas, no bairro Campo Grande, na Zona Sul de São Paulo, por volta das 19h50 da última segunda-feira (6).

Entenda o caso

Juliane era moradora de São Bernardo, tinha 27 anos e desapareceu na última quinta-feira (2), na comunidade de Paraisópolis, na Zona Sul. A policial estava de férias e foi vista pela última vez com alguns amigos em um bar da comunidade.

De acordo com testemunhas, um pouco antes do desaparecimento, o celular de um rapaz, que estava no bar, havia sido furtado. Naquele momento, Juliane teria sacado a arma e se identificado como sendo da Polícia Militar.

Logo depois dessa situação, quatro indivíduos teriam entrado no bar e questionado quem era a policial, Juliane então se manifestou, sendo baleada duas vezes e levada pelo grupo.

As equipes das polícias Civil e Militar realizavam buscas no entorno do estabelecimento desde o desaparecimento. Porém, foi só na sexta-feira, via uma denúncia pelo número 190, que os agentes localizaram a moto da policial no bairro de Pinheiros. Na data, um homem foi preso como possível participante no desaparecimento da soldado.

Informações: SÃOBERNARDO.INFO