Cuidado ao parar na Anchieta, mais um assassinato!

A vítima, Sônia Migliora Foto: Reprodução/ Facebook
A vítima, Sônia Migliora
Foto: Reprodução/ Facebook

Da redação

Na última sexta-feira (1°) a Polícia Rodoviária prendeu Samuel dos Santos Parralego, de 20 anos, suspeito de participar da morte da turista Sônia Migliora, 57 anos, em Cubatão na Baixada Santista. O crime ocorreu no dia 24 de abril.

A prisão ocorreu durante uma operação da polícia comunidades que ficam perto da Rodovia Anchieta. O marido da vítima reconheceu o suspeito, além de outros dois menores que também teriam praticado o crime. Um dos adolescentes também foi detido na sexta-feira. A polícia ainda investiga o paradeiro do terceiro suspeito de ter participado da ação.

Conheça o caso

Sônia e o marido trafegavam pela Rodovia Anchieta, próximo ao km 47, quando pararam o carro para que o homem pudesse urinar. Neste momento, o casal foi surpreendido por três criminosos que saíram da mata e anunciaram o assalto.

O marido de Sônia afirma que ninguém reagiu e contou para a polícia que chegou a pedir calma aos assaltantes e que entregou seus pertences. Mesmo assim, na hora da fuga, um criminoso atirou contra a mulher.

Após o disparo, o turista ainda conseguiu dirigir por vários quilômetros até encontrar agentes da Polícia Rodoviária, que escoltaram o carro até o Pronto Socorro de São Bernardo do Campo. Sônia acabou não resistindo aos ferimentos e já chegou ao hospital sem vida.