Deputados querem antecipar sessão que discute cassação de Cunha

Da redação

cunha-entrevista-escolha-do-relatorDeputados favoráveis à cassação do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) protocolaram, no início da noite de ontem (11) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, um requerimento propondo a antecipação da reunião do colegiado para as 10h. A reunião está marcada para as 14h30. Por temerem que o caso do ex-presidente da Casa fique para depois do recesso parlamentar, eles querem antecipar a análise do recurso de Cunha contra a decisão do Conselho de Ética, que aprovou parecer pela cassação do peemedebista.

Inicialmente, a reunião da CCJ estava marcada para ontem (11), mas foi remarcada para hoje (12) à tarde pelo presidente da comissão, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), aliado de Cunha, após o peemedebista anunciar a renúncia à presidência da Câmara. Autores da representação que pede a cassação do mandato de Cunha por mentir em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras, o PSOL e a Rede justificam que há uma manobra para salvar o mandato de Cunha após o deputado fluminense ter renunciado à presidência da Casa.