Diadema reforça segurança com 60 novos GCPs

Na próxima quinta (19)gcm, às 10h, no auditório do Quarteirão da Saúde (Avenida Antonio Piranga, 700 – Centro), ocorre a formatura dos 60 novos GCPs (Guardas Civis Patrimoniais). O evento de posse dos novos agentes de segurança do município contará com a presença do prefeito Lauro Michels, do secretário de Defesa Social, Eduardo José Félix de Oliveira, e do comandante da Guarda, Valdinar Siliro da Hora. Hoje a Guarda Civil Municipal conta com 142 oficiais que zelam pela segurança dos equipamentos públicos (como escolas, UBSs – Unidades Básicas de Saúde, Paço Municipal, Central de Atendimento, entre outros).

O efetivo total da Guarda, com os novos agentes de segurança, será de 413 (hoje é de 353, distribuídos entre 211 GCMs – Guardas Civis Municipais e 142 GCPs, sem contar o inspetor chefe e o comandante). Em julho, outros 51 GCMS se formam e atuarão nas ruas para garantir a segurança da população. Já está em andamento concurso público para contratação de mais 80 GCMs (50 homens e 30 mulheres), o que dará um total de 544 oficiais em atividade no segundo semestre deste ano.

Objetivos – A GCM foi criada pela Prefeitura, por meio da Lei Complementar Municipal nº 100, de 12 de novembro de 1999. Em seu artigo 2º, a lei estabelece que ela “é uma corporação uniformizada e armada, de caráter civil, com estrutura, hierarquia e disciplina fundamentados nas Constituições Federal e Estadual, na Lei Orgânica do Município de Diadema, com Estatuto e Regulamento Disciplinar, atuando em consonância com princípios éticos, com a promoção e valorização do respeito e proteção à dignidade da pessoa humana, à justiça social e à compreensão das diversidades”.