Início Cidades Educação de Jovens e Adultos de Santo André está com inscrições abertas

Educação de Jovens e Adultos de Santo André está com inscrições abertas

Foto: Alex Cavanha/PSA

Matrículas para quem deseja concluir o Ensino Fundamental podem ser feitas até dia 23 de março

Quem tem mais de 15 anos e parou de estudar entre o 6º e o 9º ano, mas quer concluir o Ensino Fundamental, pode se inscrever até 23 de março nas turma de EJA II (Educação de Jovens e Adultos) deste ano. Para quem não está alfabetizado ou parou no Ensino Fundamental I, ou seja, entre o 2º e o 5º ano, as inscrições também estão abertas, mas nesse caso é possível se inscrever o ano todo.

O curso na EJA tem carga horária reduzida em comparação ao ensino regular, permitindo que o estudante conclua os estudos na metade do tempo. Cada etapa dos estudos – EJA I (do 2º ao 5º ano) e EJA II (do 6º ao 9º ano) – pode ser concluído em dois anos.

As aulas de 2021 acontecerão de maneira remota e passarão a ser híbridas assim que as aulas presenciais retornarem na rede municipal. Quem não tem acesso à internet pode retirar todo o material impresso para fazer as atividades em casa.

“No começo achei que era um bicho de sete cabeças ter que acompanhar as aulas remotas. Afinal, se é difícil aprender na sala de aula, imagina pelo celular, eu pensava. Mas eu continuei. Fui lá, peguei as apostilas, passei a fazer os exercícios e esclarecer minhas dúvidas pelo celular com os professores, que estão sempre prontos para ajudar”, contou a aluna Joselice de Jesus Santos Teixeira, de 59 anos, que neste ano irá concluir o Ensino Fundamental em uma turma da EJA de Santo André.

Dona Joselice de Jesus Santos Teixeira é uma dessas pessoas que não desistiu do sonho de terminar o Ensino Fundamental. “Eu sempre quis acabar os estudos, mas nunca cheguei a frequentar uma escola. Agora que eu já formei duas filhas na faculdade, percebi que tinha chegado a hora de eu cuidar de mim”, contou.

Joselice nasceu na Bahia, em junho de 1961. Em 1977 tentou estudar, matriculando-se no antigo Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização), extinto programa do Governo Federal para combater o analfabetismo. Mas não ficou por muito tempo, pois tinha que ajudar no sustento da família. Conseguiu voltar a estudar apenas em 2018, quando se matriculou na EJA de Santo André.

“Na EJA eu me encontrei. Fui muito bem acolhida pelos professores, que são como amigos, estimulam a gente a seguir em frente e estão muito bem preparados para ensinar a nós, que somos mais velhos. Sem contar o cuidado com a nossa auto-estima”, acrescentou. Joselice diz estar tão feliz e realizada, que ajuda o quanto pode aos colegas com incentivos para que não desistam.

“Eu sempre fiz questão de apoiar e incentivar quem está cansado ou desanimado, querendo desistir. Porque existe um ponto na vida que a gente acha que já fez tudo e acaba se anulando. Não podemos deixar isso acontecer”, frisou.

Atualmente existem salas de EJA em 19 Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil) e cinco Centros Públicos de Formação Profissional. Nos cinco Centros Públicos (EJA I e EJA II) e em cinco Emeiefs (EJA II), o Ensino Fundamental está integrado ao ensino profissionalizante.

Para fazer matrícula é necessário apenas procurar a unidade com EJA mais próxima de casa com os seguintes documentos: cópia do RG, comprovante de endereço e histórico escolar. Caso a pessoa não possua histórico escolar, a escola ajudará a buscar as informações necessárias.

Para saber quais são as unidades com salas de EJA, ou obter mais informações, basta entrar em contato pelos telefones 4468-4296 ou 4468-4297.

Via: Prefeitura de Santo André

Deixe uma resposta