Início Política Internacional Em pesquisa da CNN, Trump dispara e empata com Biden

Em pesquisa da CNN, Trump dispara e empata com Biden

President Donald Trump arrives to speak at a campaign rally at Florida State Fairgrounds Expo Hall, Tuesday, July 31, 2018, in Tampa, Fla. (AP Photo/Evan Vucci)

Uma pesquisa encomendada pela CNN americana mostrou no sábado (15) que o Donald Trump diminuiu em dez pontos percentuais a diferença que o separa do democrata Joe Biden, em comparação com a última pesquisa realizada pela emissora em junho.

Na pesquisa concluída no sábado, realizada majoritariamente entre eleitores registrados de todo o país, o candidato democrata Joe Biden aparece com 50% das intenções de voto, contra 46% do incumbente Donald Trump – uma diferença de apenas 4 pontos percentuais.

Mais importante que o voto geral — que por si só não decide o resultado eleitoral nos EUA– é a performance dos candidatos nos chamados estados decisivos (ou swing states), uma vez que são eles os fieis da balança na corrida pelos 270 delegados necessários para eleger o presidente.

Nos estados decisivos, portanto, a CNN mostrou uma diferença ainda menor — de apenas 1 ponto percentual — entre os dois candidatos. Neste recorte, Biden aparece com 49% e Trump com 48%.

Entre os homens de 35 a 64 anos, 56% hoje apoiam Trump, contra 40% que apoiam Biden. Entre independentes, 46% (52% em junho) hoje apoiam Biden, contra 45% (41% em junho) que hoje apoiam Trump.

Entre eleitores independentes que votam nos Republicanos ou que tendem a votar neles, 8% diziam que votariam em Biden em junho, e, agora, são somente 4%.

O apoio a Trump entre Republicanos também aumentou de 76% em junho para 85% em agosto.

A pesquisa ocorreu após a escolha de Kamala Harris como parceira de Joe Biden na chapa democrata.

Aprovação do presidente

A aprovação do trabalho do presidente também melhorou de junho para agosto. Em junho, 57% reprovavam o desempenho de Trump, enquanto 38% aprovavam. Na pesquisa de agosto, a desaprovação ao presidente caiu para 54% e a aprovação subiu para 42%.

A pesquisa completa (em inglês) pode ser vista no site da CNN.


De acordo com a CNN, a pesquisa foi conduzida pela SSRS de 12 a 15 de agosto entre uma amostra nacional aleatória de 1.108 adultos alcançada em telefones fixos ou celulares por um entrevistador ao vivo, incluindo 987 eleitores registrados. A pesquisa também inclui uma amostra exagerada de residentes de 15 estados decisivos para uma subamostra total de 636 adultos e 569 eleitores registrados desses estados. Esse subconjunto foi ponderado de acordo com sua parcela adequada da população adulta geral dos Estados Unidos. Os resultados da amostra completa têm uma margem de erro de amostragem de mais ou menos 3,7 pontos percentuais. É 4,0 pontos entre os eleitores registrados e 5,4 pontos para os resultados dos eleitores registrados nos estados decisivos.

Fonte: CONEXÃO POLÍTICA

Deixe uma resposta