Em São Bernardo, Chácara Silvestre recebe exposição que celebra 130 anos da abolição

Para celebrar 130 anos da abolição da escravatura e o dia das mães, comemorado em 13 de maio, a Prefeitura de São Bernardo promove até o dia 30 deste mês, por meio da Secretaria de Cultura, a exposição “Yabás, mães da África”, na Chácara Silvestre (Avenida Wallace Simonsen, 1.800. Nova Petrópolis), de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

A mostra ocorre no antigo casarão do ex-prefeito Wallace Simonsen, exibindo figurinos e paramentos que contam um pouco do cotidiano das mulheres dentro do Candomblé. As peças fazem parte do acervo de Carmen de Melo Maciel, a Mãe Carmen de Oxum, que comanda o terreiro Ilê Olá Mí Asé Opô Araká, localizado no bairro Alvarenga, em São Bernardo.

Representante das religiões de matriz africana no comitê gestor da Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, a yalorixá lidera a casa religiosa há mais de 20 anos, que também é tombada pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de São Bernardo (Compahc).

A mostra é organizada pelo Centro de Referência de Culturas Populares Tradicionais com apoio da Magia das Flores. O Centro de Referência foi criado há mais de 10 anos e tem por objetivo mostrar a cultura, as crenças, o modo de viver e os costumes, incentivando o debate a partir do acervo material, fotográfico, bibliográfico e documental.

Serviço:

Exposição “Yabás, mães da África”

Data: 14 a 30 de maio (de segunda à sexta, das 9h às 16h)

Local: Chácara Silvestre (Avenida Wallace Simonsen, 1.800. Nova Petrópolis)