Em SBC, prefeito Orlando Morando libera o Viaduto Castelo Branco

A Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Transportes e Vias Públicas, liberou, na tarde da última quinta-feira (04), o trânsito nos dois sentidos do Viaduto Castelo Branco. A solenidade de abertura da via, que ocorreu no início do trecho no sentido bairro, entre a Avenida dos Macucos e a Rua dos Flamingos, contou com a presença do prefeito Orlando Morando, do secretário de Transportes e Vias Públicas, Delson José Amador, demais secretários, autoridades e lideranças. Na sequência, a via foi aberta para o trânsito de veículos.

A obra trata-se de mais um abandono da antiga administração, por falta de pagamento, com apenas 16% de execução. Depois de ampla auditoria do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), o projeto foi retomado em janeiro de 2018 pela gestão do prefeito Orlando Morando, que concluiu os 84% em nove meses.

Durante este período, a obra passou por entraves, como a desapropriação de 3 metros de um antigo prédio da Telefônica, no início da Estrada Samuel Aizemberg, cuja negociação foi liderada pessoalmente por Morando.

Com investimento de R$ 37 milhões, com recursos vindo da Caixa e do CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina), a via conta com 200 metros de extensão – com dois viadutos –  cada um com três pistas de rolamento e 9m de largura. Foi utilizado 3.026,00m³ de concreto, 2.120,00m² de pavimentação e 28 vigas metálicas. Também foi feita a readequação de uma alça de acesso, com 200m de extensão, e a construção e uma nova alça, no sentido Imigrantes, também com 200m.

O empreendimento contou com cerca de 400 operários. As obras de duplicação da Estrada Samuel Aizemberg continuam, com previsão de entrega no fim do primeiro semestre de 2019.

A região também terá um corredor de ônibus na Avenida Humberto de Alencar Castelo Branco. Esta via ligará o Terminal Metropolitano Piraporinha e a Praça Giovani Breda, no bairro Assunção. Com extensão aproximada de 4,25 quilômetros, a obra tem investimento total de R$ 30,7 milhões, cujo prazo de conclusão está previsto para 2020.

SÃO BERNARDO, RETOMADA DE OBRAS – As obras de Mobilidade Urbana estão em andamento na cidade. Recentemente, a Prefeitura entregou o Corredor João Firmino, que atende em torno de 60 mil usuários por dia. Além desta via e do Corredor Castelo Branco, a cidade contará com os corredores Leste-Oeste, Rudge Ramos, Alvarenga, Estrada Galvão Bueno, São Pedro e Rotary. O Leste-Oeste é o maior deles, com 13 quilômetros. São quatro viadutos ao longo de sua extensão; o Viaduto Mamãe Clory, sobre a Avenida Robert Kennedy, entregue em agosto; o Castelo Branco – sobre a Avenida Humberto de Alencar Castelo Branco, que ligará a Rodovia dos Imigrantes, cuja liberação ocorreu na quinta-feira (04); na alça de acesso à Rodovia Anchieta, no Km 20,7 (duplicação do Viaduto Tereza Delta) e na Praça dos Bombeiros. O programa ainda prevê dois terminais: Grande Alvarenga, já inaugurado; Batistini, cuja obra foi autorizada pelo prefeito Orlando Morando.