Empresa de ônibus entra em greve e 14 mil passageiros ficam sem transporte

Da redação

Devido a falta de pagamento dos salários, motoristas e cobradores do transporte intermunicipal da empresa Eaosa (Empresa Auto Ônibus Santo André) paralisaram o serviço, em Mauá, na última quinta-feira (11). A ação prejudicou cerca de 14 mil passageiros.

A EMUTU determinou às empresas Ribeirão Pires e Rigras reforço da frota de linhas com itinerário coincidente aos serviços paralisados, de modo a garantir transportes aos usuários. As linhas reforçadas são: 040, 040EX1, 063, 063EX1, 064 e 177, da Viação Riberião Pires, e a 336, da Rigras.

Uma outra alternativa para os passageiros foi utilizar a linha 10-turquesa da CPRTM (Compan hia Paulista de Trens Metropolitanos), que atende aos municípios de São Caetano, Santo André, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.