Entidades ocupam superintendência da Caixa neste momento em Santo André

Da redação

Desde às 9h30 da manhã desta quarta-feira (3), cerca de 500 pessoas, integrantes de sete entidades (MSTL, Associação OS, MSTU, APML, AMLNT, AVAVC e ALMUL) estão manifestando em frente ao prédio da superintendência da Caixa Econômica Federal (avenida Portugal, 141, Centro, Santo André), pelas paralizações das obras do Minha Casa Minha Vida.

“Depois que o presidente interino assumiu, o Ministério da Cidades travou o inicio da construção das moradias, só em São Bernardo 800 famílias seriam beneficiadas”, comentou o militante do MSTL, Hajj MAngolin.

Neste momento, representantes das sete entidades estão no interior do prédio em vídeo conferência com a Secretária Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Maria Henriqueta Arantes Ferreira Alves. Caso não haja acordo, os manifestantes irão acampar no interior do prédio até que uma solução seja apresentada. Preparados para esta possibilidade, eles já se instalaram no local com utensílio domésticos, fogão e comidas.