Esportes Olímpicos

Este é meu texto de estreia no Portal da TV Mais. Aproveito o espaço para agradecer todos os envolvidos nesse projeto.
Semanalmente irei falar aqui sobre esportes olímpicos. Não sobre o que acontece dentro de quadra ou piscinas, será uma visão dos bastidores do esporte, com um olhar especialmente crítico sobre o que vem sendo praticado pelos gestores públicos brasileiros.
Pois bem, faltam 66 dias para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Importante ressaltar que,  desde o início deste novo século, o Brasil vem sendo palco de grandes eventos esportivos. Tudo isso é fruto de uma série de investimentos feitos desde a criação do Ministério, em 2002, com o início do incentivo ao esporte de alto rendimento, a formação de atletas olímpicos e a construção de equipamentos esportivos adequados para a prática esportiva.
Sediamos os Jogos Pan-Americanos em 2007, Copa do Mundo em 2014, alem dos resultados expressivos nas Olimpíadas e Paralimpíadas em 2012. E hoje, diante de um cenário de crise econômica vemos todo esse legado sendo ameaçado por cortes de economistas que só pensam em números e não percebem que o esporte é fundamental para o crescimento da nossa sociedade, que o esporte por si só forma o caráter e constrói a autoestima do ser humano.
No Brasil, construímos equipamentos esportivos de primeiro mundo. Porém os gestores sempre querem economizar nos custeios das obras, fazendo com que as mesmas tornem-se equipamentos obsoletos rapidamente – vide os equipamentos do Pan de 2007 que precisaram ser refeitos com um gasto muito maior de dinheiro público, mas quase nunca pensam na manutenção e custeio dos mesmos. Talvez a solução more na iniciativa privada, que embora olhe com desconfiança para o esporte “amador”, ainda é uma das poucas que investe altas quantias no futebol.
No final das Olimpíadas do Rio de Janeiro teremos um legado que pode ser destruído em pouco tempo, caso não haja consciência sobre a importância do Ministério, bem como do investimento em esportes de alto rendimento. Este será o tema das nossas próximas semanas por aqui: analisar o desempenho dos atletas brasileiros olímpicos às vésperas deste grande evento esportivo.