Festa das Nações Esportivas pode ter segunda edição em 2019

Foto: Divulgação/PMSCS

A primeira edição da Festa das Nações Esportivas teve um encerramento de gala no fim de semana (26 e 27/05), com a presença de pessoas que frequentaram as barracas de alimentação e os espectadores dos shows de Naiara Azevedo (sábado) e Raça Negra (domingo). Toda a arrecadação foi destinada às modalidades esportivas do município.

A Festa das Nações Esportivas foi uma realização das Secretarias de Esporte, Lazer e Juventude (Selj) e de Cultura (Secult) e teve como principal motivação a antiga Feira das Nações, realizada em São Caetano do Sul, entre as décadas de 1960 e 1990.

O prefeito José Auricchio Júnior e o secretário de Esporte e vice-prefeito Beto Vidoski anunciaram o início imediato dos preparativos para a realização da segunda edição do evento, para 2019.

BARRACAS TEMÁTICAS

A Festa das Nações Esportivas contou com 13 barracas de alimentação. Cada uma ficou sob a administração de um esporte de alto rendimento da cidade. Por exemplo, a barraca Brasil fico com o pessoal do Fundo de Apoio ao Esporte e só vendeu comidas típicas do Brasil, como lanche de mortadela e açaí.

O Vôlei ficou com a barraca dos Estados Unidos, as artes marciais Judô e Jiu-Jítsu ficaram com a do Japão e a Ginástica Artística ficou com a Alemanha. O Taekwondo ficou com a barraca da Itália, enquanto a Natação ficou com a de Portugal; O Ciclismo ficou com a da Bélgica, e a Patinação com a da Espanha. Tênis de Mesa (China), Tênis de Campo (Países Árabes), Futsal (Uruguai), Ginástica Rítmica (México) e Boxe (Grécia) completaram as demais barracas da praça de alimentação, que abriram durante as tardes dos cinco dias de festividade, incluindo a Abertura.