Gabigol quer contrato nos moldes de Neymar para ficar no Santos

Depois de propostas do Borussia Dortmund e do Hebei China Fortune, Gabigol recebeu mais uma oferta internacional: do PSG. Apesar do assédio do exterior, o atacante da seleção brasileira sugeriu à diretoria do Santos a renovação do contrato.

A ideia foi levada por seu empresário, Wagner Ribeiro, ao presidente Modesto Roma Júnior na semana passada. Mas o acordo não ficaria barato ao Peixe. Para ficar na Vila Belmiro, Gabigol quer ter um vínculo nos moldes daquele assinado por Neymar antes de se transferir para o Barcelona.

O Peixe ficaria responsável por bancar um salário bem maior do que o atual, de R$ 250 mil, e ainda lhe concederia uma porcentagem de futuros acordos publicitários.

Atacante voltou da seleção e deve reforçar o Peixe contra o Sport, nesta noite
Atacante voltou da seleção e deve reforçar o Peixe contra o Sport, nesta noite

Gabigol ainda teria direito a um time de profissionais de marketing que lhe ajudariam a construir uma imagem interessante no mercado e a buscar parcerias comerciais.

Modesto pediu alguns dias para pensar. Ele pretende colocar o assunto em discussão com os membros do Comitê de Gestão. Para vender Gabigol, o Santos pediu R$ 156 milhões ao PSG. A oferta dos franceses ficou na casa dos R$ 105 milhões.

Em negociação:
O Santos disputa com Vasco e Inter a contratação de Luidy, do CRB. O meia-atacante, de 19 anos, é apontado como uma das revelações da Série B. Ontem, um representante de Luidy esteve na Vila Belmiro.