Foto: Governo de São Paulo

O Governo do Estado de São Paulo e a empresa Parquetur assinaram hoje o contrato de concessão do Núcleo Caminhos do Mar. A área é cortada pela famosa Estrada Velha de Santos e está inserida dentro do Parque Estadual Serra do Mar, a maior área contínua preservada de Mata Atlântica do Brasil.

Com a assinatura do contrato, a concessionária deverá realizar investimentos estimados em R$ 11 milhões, cujo valor será destinado, dentre outras ações, para a melhoria de trilhas, reformas e implantações de equipamentos voltados à visitação. Entre as obrigações da concessionária, destaca-se ainda a responsabilidade pela revitalização de nove bens tombados, dentre eles, diversos monumentos inaugurados em 1922 para as celebrações dos 100 anos da independência do Brasil e a Calçada do Lorena, o primeiro caminho pavimentado que ligava a capital paulista à cidade de Santos.

Como contrapartida, a Parquetur poderá gerar receitas por meio dos serviços de bilheteria, aventura, estacionamento, eventos e atividades comerciais, como lanchonetes e lojas de souvenir. Vale lembrar que, desde 2019, a Parquetur é a concessionária responsável pelas operações do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, reconhecido recentemente como o melhor parque nacional do Brasil e um dos 25 melhores do mundo na premiação do site de viagens TripAdvisor.

“A assinatura do contrato reforça o papel das parcerias como importante instrumento para o aprimoramento da gestão de parques naturais, conciliando desenvolvimento socioeconômico e conservação do nosso patrimônio natural. Além disso, a possibilidade de ofertar novas atividades de lazer, em sintonia com a natureza, ajudará a conscientizar as atuais e novas gerações sobre a necessidade de proteger o meio ambiente”, explica o coordenador de projetos do Semeia, Rodrigo Góes.

Ainda de acordo com o especialista, a revitalização de monumentos tombados, previsto no contrato assinado, ajudará a potencializar o valor histórico dessa área, atraindo ainda mais visitantes que buscam por roteiros culturais em meio à natureza. “O Núcleo Caminhos do Mar une exuberância natural e riqueza histórica, uma experiência que tem tudo para se tornar marcante para seus visitantes. Dessa forma, a concessão ajudará a fomentar a aproximação das pessoas com o parque, na medida em que novas estruturas de apoio à visitação serão implantadas e os monumentos restaurados. Com isso, mais pessoas poderão ter acesso a esse importante patrimônio ambiental, histórico e cultural, que resguarda a Mata Atlântica”, enfatiza Rodrigo.

Deixe uma resposta