H1N1 faz mais vítimas no ABC

Da redação

h1n1As cidades do ABC somam 158 casos confirmados de gripe Influenza A causada pelo vírus H1N1 até a última terça-feira (28), segundo dados coletados com os sete municípios e repassados ao Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE7), da Secretaria da Saúde do Estado.

O balanço anterior, encerrado em 21 de junho, apontava 124 ocorrências. O novo levantamento, acompanhado pela Sala de Situação Regional do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, relata 38 óbitos de moradores da região em decorrência da gripe A, contra 32 do boletim anterior.

O total de casos suspeitos envolvendo a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) passou de 807 para 818 notificações. De acordo com o balanço, foram confirmados 57 casos de gripe A em Santo André, 53 em São Bernardo, 14 em São Caetano, 14 em Mauá, 11 em Ribeirão Pires, seis em Diadema e um em Rio Grande da Serra.

Os dados informados pelos municípios apontam 15 mortes em decorrência do Influenza A (H1N1) em Santo André, 11 em São Bernardo, cinco em Mauá, três em Diadema, três em Ribeirão Pires e uma em Rio Grande da Serra.