Há dois anos Fernandão deixava o mundo do futebol mais triste

Da redação

O ídolo do Internacional voltava de helicóptero de uma praia no interior de Goiás e por conta de falhas técnicas no veículo, o mesmo acabou caindo e o trajeto foi interrompido, assim como a vida do capitão dos títulos da Libertadores e Mundial do colorado.

O atleta passou pelo Goiás (95-01 e 09-10), Olympique de Marselha-FRA (01-03), Toulouse-FRA (04), Internacional (04-08), Al-Gharafa-CAT (08-09) e São Paulo (10-11), onde encerrou a carreira como jogador.

Estátua em frente ao Beira-Rio Foto: Divulgação
Estátua em frente ao Beira-Rio Foto: Divulgação

O Inter, clube onde também foi técnico, fez uma homenagem justa ao ídolo, construindo uma estátua em frente ao Beira-Rio como forma de agradecimento.