Homicídio é a principal causa de morte de crianças e adolescentes no Brasil

Da redação

criançaDiariamente 29 crianças e adolescentes são assassinadas no Brasil, de acordo com pesquisa da Flasco (Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais) Brasil.

Com esse número, o Brasil é o terceiro que mais mata  crianças e adolescentes, em uma lista com 85 países. Além disso, as vítimas negras sofrem três vezes mais do que as brancas.

Segundo o relatório intitulado “Violência Letal Contra as Crianças e Adolescentes do Brasil”, os homicídios são a principal causa do aumento exponencial das mortes de crianças e adolescentes por causas externas. Os assassinatos são cerca de 2,5% do total de mortes até os 11 anos e sofrem um crescimento considerável a partir da entrada na adolescência, aos 12 anos, quando se tornam 6,7% do total de mortes. Entre as mortes ao 14 anos, 25,1% são por homicídio, percentual que atinge 48,2% dos adolescentes com 17 anos.

O estudo aponta também as taxas de suicídios em comunidades indígenas. No Brasil, a taxa de suicídio entre 9 e 18 anos era de 1,9 em 100 mil em 2003 e chegou a 2,1 em 100 mil em 2013. Com isso, quase duas crianças e adolescentes se mataram no Brasil por dia em 2013.