Impeachment: Senado decide sobre processo contra Dilma

Da redação

Presidente Dilma RousseffO Senado aprovou hoje (10) o parecer do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) que afirma que Dilma cometeu crime de responsabilidade. A decisão foi tomada por 59 senadores, contra 21. Agora Dilma vai a julgamento no plenário do Senado, provavelmente no fim de agosto.

A partir de agora, em um prazo de 48 horas, a defesa e a acusação terão que levar a tese acusatória e seus pontos, com até cinco testemunhas, além de uma testemunha que ainda não foi apresentada pelo advogado de defesa. As duas partes terão esse direito.

A defesa de Dilma deve usar as seis testemunhas. Já a acusação, entregará a tese acusatória em apenas um dia, além de usar apenas três testemunhas.

Após o depoimento das testemunhas, os senadores terão que definir se Dilma será culpada ou absolvida. Na última fase, 54 senadores devem votar favoráveis ao impeachment para que Dilma perca o mandato.