Indicado por Tite, Abel vira carta fora do baralho no Corinthians por causa do rebaixamento de 2007

Mano Menezes não é o único técnico fora dos planos do Corinthians para substituir Tite. O nome de Abel Braga, indicado por Tite, tem enorme resistência entre os dirigentes por causa de um episódio antigo, que remete a 2007, ano do rebaixamento do Timão.

Técnico comandou Inter, que teria perdido propositalmente do Goiás para derrubar Timão
Técnico comandou Inter, que teria perdido propositalmente do Goiás para derrubar Timão

“Ninguém aqui se esqueceu do churrasco que rolou entre jogadores do Internacional e do Goiás depois do jogo entre eles”, revela um membro da diretoria corintiana, citando a vitória do time goiano por 3 a 1 sobre os comandados de Abel — o resultado empurrou o Timão para a Série B.

O Corinthians só empatou com o Grêmio na última rodada do Brasileirão de 2007, em Porto Alegre, acabando com 44 pontos. Já o Goiás pulou para 45 graças ao triunfo diante dos colorados, se salvando da degola para a Segundona. No Parque São Jorge, há a convicção de que goianos e colorados combinaram o resultado.

Já o “não” a Mano acabou confirmado pelo presidente Roberto de Andrade ontem, na entrevista que oficializou a ida de Tite à seleção. O presidente e parte da comissão técnica têm uma série de restrições em relação ao trabalho e à personalidade do gaúcho.

Não, não e não:
O Corinthians voltou a recusar ontem proposta do Coritiba por Maycon. Foi a terceira investida do Coxa pelo volante. A Ponte Preta também pediu o empréstimo do corintiano.

Festa na base:
A saída de Tite garantiu comemoração por parte de atletas revelados nas categorias de base do Timão, ontem. Eles entendiam que a falta de oportunidades era culpa do técnico.

De supetão:
Técnico interino do Corinthians nesta noite, Fábio Carille não participa dos treinos desde sexta passada. O auxiliar estava participando de um curso para treinadores na CBF.