Inflação atinge menor patamar em 11 anos

Da redação

O processo de queda na inflação continua a baratear o custo de vida dos brasileiros. Em outubro, a prévia da inflação oficial, medida pelo IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), registrou variação de 0,34%  e acumula 2,25% no ano. Esse é o menor patamar para o período de janeiro a outubro desde 2006.

No acumulado dos últimos 12 meses, o indicador está em 2,71%. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (20), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Mais uma vez, os preços de alimentação e bebidas contribuíram para o resultado do mês ao apresentar uma queda de 0,15%. Os menores preços registrados foram do alho (-9,88%), feijão-carioca (-5,95%), açúcar cristal (-3,63%) e leite longa vida (-3,52%).

Outro grupo cujos preços ficaram mais baratos foi o de artigos de residência. Em outubro, os preços desse segmento ficaram 0,13% mais baratos, diante da queda nos valores dos eletrodomésticos.

Custo de vida menor

Nos últimos 12 meses encerrados em setembro, a inflação oficial atingiu 2,54%, diante do aumento da confiança na economia e da queda do preços dos alimentos, influenciados pela expectativa de supersafra de grãos.

Isso significa alívio no bolso do consumidor e uma mesa mais farta na casa das famílias, já que preços menores se traduzem em um custo de vida mais baixo.