Lei eleitoral proíbe atualização das redes sociais

Sem títuloDa redação

Seguindo determinação eleitoral, as páginas das prefeituras nas redes sociais estão proibidas de receber postagens de primeiro de julho até o dia 02 de outubro, por conta das eleições 2016. Caso haja segundo turno, o município deve estender o prazo até 30 de outubro.

Além das páginas nas redes sociais, as prefeituras também deixaram de publicar os informativos impressos, como guias culturais, vídeos, programas de rádios, entre outras publicidades.